MENU

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

ATUALIDADES: CELEBRANDO A VOCAÇÃO DO PASTOR


No dia 15 de Agosto de 1931 o jovem seminarista Helder Camara é ordenado padre, aos 22 anos, após a concessão especial do Vaticano devido a pouca idade.

Nascia, naquele dia, um pastor que, durante toda a sua vida, cuidou das ovelhas com dedicação e amor.


No último domingo, 16 de agosto, o Instituto Dom  Helder Camara – IDHeC, comemorou os 84 anos de ordenação sacerdotal de Dom Helder com uma Celebração Eucarística, presidida pelo monge Marcelo Barros.


Crianças assistidas pela Comitê de Ação da Cidadania alegraram a celebração com a sua presença, ao lado do coordenador do movimento em Pernambuco, o jornalista Anselmo Monteiro, que fez a primeira leitura da Liturgia da Palavra.


Alegravam também a celebração os bonecos representando Dom Helder, Betinho e Maurício Andrade, que substituiu Betinho à frente da Ação da Cidadania nacional por dez anos.



A Assunção de Maria, celebrada também neste domingo, inspirou o celebrante que, em sua homilia, falou sobre o encontro de Isabel, que carregava em seu ventre o profeta que preparou os caminhos para o salvador do mundo, carregado no ventre de Maria. E, partir dessas duas crianças, foi lançada a proposta, por Deus, de evolução das pessoas, a partir de uma reorganização de baixo para cima, do crescimento da amorosidade, do amor e do cuidado com o próximo.



Foi assim que o pastor Helder  construiu a sua vida: baseada no serviço, na humildade e no acolhimento ao próximo, começando pelos mais humildes, os sem voz, sem vez, os rejeitados da sociedade.


 E, falando nos menos favorecidos, o dia 16 de agosto é ainda uma data especial pois, em 1996, era criada no Recife a Associação dos Trapeiros de Emaús, com o incentivo e apoio do Arcebispo Emérito de Olinda e Recife, Dom Helder Camara e de Luigi Tenderini, que trabalhou por muitos anos ao lado de Dom Helder na comissão de Justiça e Paz.



Mas, não pararam por aí as boas notícias do domingo. Ao final da celebração, dois momentos especiais: o lançamento desse blog, anunciado pelo diretor Tesoureiro do IDHeC, Edelomar Barbosa.



E a entrega do prêmio Mulher que Alimenta o Mundo instituído pelo Comitê da Ação da Cidadania Pernambuco Solidário para  Homenagear a força das mulheres para a garantia do bem-estar da sociedade naquilo que há de mais essencial: o dom da vida e o poder de garantir a alimentação de todo ser  humano. O prêmio foi entregue por Anselmo a Cristina Ribeiro, Diretora de Patrimônio do IDHeC, Cristina, que trabalha junto as crianças assistidas pelo Comitê, Luíza Borges e Marieta Borges.


Foi um belo momento de celebração e alegria, onde comemorou-se a vida sacerdotal de Dom Helder e de dois instrumentos de combate à fome e à miséria como a Ação da Cidadania e o Trapeiro de Emáus.

GALERIA DE FOTOS




Clique nas fotos para ampliá-las.

Nenhum comentário:

Postar um comentário