MENU

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

ATUALIDADES: COMEMORAÇÃO DO JUBILEU DE OURO DO PACTO DAS CATACUMBAS


Esse domingo, 15 de novembro, foi de festa para aqueles que acreditam numa Igreja viva, renovada, guiada pelos ensinamentos de Jesus Cristo, que tem na preservação da vida o seu maior bem.

A Igreja das Fronteiras ficou lotada para a comemoração do jubileu de ouro do Pacto das Catacumbas. Foi um momento ainda de reencontro entre os que conheceram ou conviveram com Dom Helder Camara, o grande articulador do Pacto das Catacumbas e um dos que mais se empenhou em por em prática o documento que assinou ao lado de outros 38 religiosos.

Eram muitos rostos conhecidos e reconhecidos, muitos abraços e muita alegria, na celebração do PACTO que deveria ser assinado e vivido por todos os cristãos e cristãs.
Os irmãos da Igreja Anglicana Pr. Félix Batista Filho e Dom Sebastião Armando participaram da comemoração, numa demonstração de que entre cristão não devem existir fronteiras.

A abertura do evento coube ao Quarteto de Cordas Encore. Em seguida o Monge Marcelo Barros falou sobre a importância do momento, chamando, logo depois, o historiador e teólogo Eduardo Hoornaert que falou sobre o pacto, a partir do cenário onde ele estava inserido, chegando a um paralelo entre o Vaticano e a Igreja das Fronteiras, ressaltando o papel fundamental de Dom Helder na confecção do documento e em sua assinatura.


O teor da reflexão de Eduardo será publicado neste blog em breve.


Após a reflexão de Eduardo Hoornaert, o monge Marcelo Barros deu início à celebração Eucarística, com Isaura e Verônica à frente dos cantos, Ramos no violão e o quarteto Encore, com a participação de todos na hora de cantar.


Um dos diretores do IDHeC, Edelomar Barbosa (Deo) lembrou que tínhamos um outro jubileu de ouro a comemorar pois,  no mesmo dia da assinatura do pacto das catacumbas, 16 de novembro de 1965, Pe. João Pubben, recém-ordenado, embarcava em um navio rumo ao Brasil, onde morou por 48 anos até abril de 2013, quando voltou para a sua terra natal, de onde continua pertinho da gente através dos contatos via internet.



Após a celebração Eucarística foi lançado o livro, editado pelo IDHeC, O PACTO – ideário de uma Igreja Pobre e Servidora.

O livro encontra-se à venda no IDHeC e custa R$ 10,00.




Nenhum comentário:

Postar um comentário