MENU

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

ATUALIDADES: DIA INTERNACIONAL DA PAZ

Todos juntos, poderemos repetir e fazer ouvir o clamor de nosso povo... Todos juntos, sem violência, dentro do Evangelho, podemos e devemos clamar por um mundo mais justo, como condição de paz”. Dom Helder Camara



Hoje, 21 de setembro, é comemorado o Dia Internacional da Paz, assim declarado pela ONU (Organizações das Nações Unidas) em 30 de novembro de 1981, tendo sido comemorado, pela primeira vez, no ano seguinte.

25 anos depois da criação do dia, Kofi Annam afirmou que o Dia Internacional da Paz foi criado como um dia de cessar-fogo e de não violência em todo o mundo. A ONU celebra esse dia com o objetivo de que além de se pensar na paz, também seja feita alguma coisa a favor da paz.

A paz é fruto da justiça”( Is 32,17). As palavras do profeta Isaías nos dizem, de maneira clara que, enquanto não houver justiça, a paz não será possível, no mundo, em nosso País ou em nossa cidade.

Não foi a toa que Dom Helder era chamado de “O DOM DA PAZ”. Ele dedicou toda a sua vida pastoral a lutar pela justiça, em todas as suas dimensões. Defendeu os presos políticos, denunciou as torturas cometidas no Brasil, os desaparecimentos, clamando por justiça. Lutou contra à exclusão social, foi a voz dos desvalidos, dos sem vez, sem teto, sem educação, sem alimento, chamando a todos a se engajarem em sua campanha “Ano 2000 sem miséria”. 


Como o profeta que era, sabia que, sem justiça social, sem a construção de uma sociedade onde todos tivessem acesso a uma vida digna, a paz não seria possível. Em uma crônica que leu em seu programa UM OLHAR SOBRE A CIDADE, em 02 de dezembro de 1980 ele disse: “Cristo veio trazer paz ao mundo. Pode haver paz se as injustiças só fazem crescer? Não vão na onda de quem diz que primeiro é  preciso preparar o bolo, para depois dividi-lo... O bolo já está preparado e está sendo comido”.


Portanto, comemorar o Dia Internacional da Paz é, antes de tudo, arregaçar as mangas e, assim como o fez Dom Helder Camara, lutar pela promoção de todos os homens e os mulheres, fazendo valer as palavras de Jesus Cristo: “Eu vim para que todos tenham vida e a tenham plenamente” ( Jo 10,10). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário