MENU

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

ATUALIDADES: DOM HELDER RECEBE UM TEATRO


No dia 09 de fevereiro Dom Helder Camara recebeu uma homenagem muito especial da Universidade Católica de Pernambuco: ser o nome do novo auditório da universidade, situado no térreo do bloco A, cuja agenda e gestão ficará por conta do Instituto Humanitas.


O Bloco A tem uma importância histórica para a UNICAP pois foi o primeiro bloco/edifício vertical da instituição, inaugurado em 1962, sendo o único bloco que ainda não tinha auditório.

POR QUE O NOME?

Segundo o Reitor da Unicap, Pe. Pedro Rubens, o auditório tinha que se chamar Dom Helder, por ali ter acontecido um fato histórico, em 27 de junho 1968, quando ele foi mediador no famoso “cerco da polícia à católica”.  


Depois de uma manifestação no centro do Recife, estudantes correram e entraram na Unicap. A universidade fechou os portões e a tensão ficou dentro e fora. Havia cerca de 300 soldados na Rua do Príncipe, esperando apenas uma ordem para invadir o campus e prender todo mundo. Nesse contexto, surge alguém que atravessa o "cerco", dizendo ‘com licença, boa noite’ ao passar por cada militar. Em seguida, diante dos universitários, subiu em uma cadeira e afirmou: ‘Eu vim para ficar ao seu lado. Alegro-me que padres, professores e operários estejam com vocês, pois sua luta é a luta do povo’”, disse Dom Helder. Por fim, o Dom da Paz reuniu-se com governantes e obteve o fim do cerco e a libertação de outros nove estudantes.

Disse Pe. Pedro Rubens em seu discurso de inauguração do auditório: “Dom Helder veio para ficar e , a partir da inauguração do auditório, ele será patrono de muitas agendas já existentes e muitas outras que virão. Uma delas é a agenda da paz, da utopia e da esperança que não se cansa, que não se desespera com a situação e que não morre jamais!”

O nome foi escolhido pela Pró-reitoria Comunitária, porque auditório teria que se chamar Dom Helder Camara, por ele simplesmente não ter apenas passado pela Unicap. Ele veio para ficar. Outra homenagem ao Dom é o nome do DCE -  Diretório Central dos Estudantes Dom Helder Camara. A inspiração veio exatamente dessa memória histórica.


Essa não é a primeira homenagem que a Universidade Católica faz a Dom Helder. Em 22 de março 1983 foi concedido ao então arcebispo de Olinda e Recife o título de Doutor Honoris Causa. Em seu discurso, o Dom da Paz pediu que fosse criada uma disciplina: Justiça. Hoje a universidade tem a Astepi – Assessoria de treinamento, estágio, pesquisa e integração e vários projetos de direitos humanos.

No dia 27 de agosto de 2009, dez anos após a partida do Dom, aconteceu o lançamento oficial da Cátedra Unesco-Unicap Dom Helder Câmara de Direitos Humanos.


A inauguração do auditório Dom Helder Camara foi a abertura da XXVII Semana de Estudos Docentes e do XIV Fórum de Funcionários, da UNICAP, dentro da Jornada Comunitária, cujo lema é: Juntos no compasso de uma nova dinâmica.

O boneco do Dom esteve presente à inauguração e foi um sucesso, tanto na café da manhã para os professores e funcionários, que aconteceu antes da inauguração, quanto na própria inauguração, onde ficou na entrada do teatro, recebendo a todos com seu imenso sorriso e braços abertos.





O Instituto Dom Helder Camara – IDHeC, foi representado por sua diretora cultural Normândia Medeiros, que foi recebida pelo Pe. Lúcio Cirne, pró-reitor Comunitário da Unicap e Coordenador do Instituto Humanitas e pelo reitor Pe. Pedro Rubens.





Nenhum comentário:

Postar um comentário