MENU

quinta-feira, 23 de março de 2017

NOSSA SENHORA APARECIDA PEREGRINA



 Encontrada por pescadores no rio Paraíba  do Sul em 2017, a imagem de Nossa Senhora Aparecida completa 300 anos de seu resgate. E, para comemorar a data o Santuário Nacional de Aparecida está promovendo o jubileu “300 anos de bênçãos”, com uma programação devocional e obras de fé, que foi aberto no dia 12 de outubro de 2016.

E, dentro da programação está a visita às capitais brasileira de imagens peregrinas, cópias autênticas da imagem original, enviadas às arquidioceses, levadas por Missionários Redentoristas.

A imagem peregrina permanecerá por uma semana em cada capital, de onde  serão colhidas porções de terra para compor uma coroa especial para Nossa Senhora Aparecida.

E, ainda. durante a permanência da imagem peregrina em cada local, um projeto conjunto entre o Santuário Nacional e a Tv Aparecida, está preparando documentários, que serão exibidos durante toda a semana, mostrando a história, a culinária, curiosidades e, claro, a religiosidade, a fé, aspectos da Igreja local e atividades na área social. O documentário será exibido na Tv Aparecida, durante os programas Bem-Vindos Romeiro, na parte da manhã e Santa Receita, na parte da tarde.

No caso da Arquidiocese de Olinda e Recife, o documentário começou a ser rodado no início da semana, com tomadas de imagem e entrevistas. E, como não poderia deixar de ser, um dos temas do documentário será Dom Helder Camara, incluindo o processo de beatificação e canonização e, também, imagens da igreja das Fronteiras e casa onde viveu o Dom.

Nessa terça-feira, 21 de março, a equipe da Tv Aparecida esteve no IDHeC para fazer uma entrevista com frei Jociel Gomes, postulador da causa da Beatificação e Canonização de Dom Helder.



O jornalista Sérgio Marques fez várias perguntas a frei Jociel, para traçar um perfil de Dom Helder. Frei Jociel falou sobre o carisma de Dom Helder e sua missão de vida que era ajudar as pessoas, fazer o bem. Dom Helder, que chegou ao Recife, menos de duas semanas depois da instalação do golpe militar de 1964.


Frei Jociel falou sobre como o exemplo de Dom Helder servia de inspiração para muitas pessoas, que deixavam o comodismo de lado e ajudavam os outros. Ele falou ainda sobre as atividades de Dom Helder que mais marcaram o seu sacerdócio e disse que seria muito bom se todos os sacerdotes seguissem os caminhos de Dom Helder.

Para frei Jociel Dom Helder foi um homem de fé, profundo na oração, totalmente dedicado ao Evangelho. Ele superou os tempos difíceis da ditadura, que durou tanto quanto o seu arcebispado.

A entrevista transcorreu ainda com frei Jociel falando sobre temas como a atuação da Arquidiocese de Olinda e Recife em prol dos menos favorecidos, que segundo ele ainda é muito tímida, mas que poderia crescer muito se os membros das pastorais se empenhassem mais em ouvir os apelos de Dom Helder.

Em relação à causa da Betatificação e Canonização, os documentos estão sendo analisados pela Comissão Teológica. Após a análise, todo o processo será enviado a Roma, incluindo os testemunhos coletados.
A imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida chegará ao Recife no próximo mês de abril e sua visita será encerrada com uma celebração Eucarística, transmita pela Tv Aparecida.

Os membros da diretoria executiva do IDHeC Antônio Carlos, Maria Laura e Normândia e conselheira Elizabeth, receberam a equipe da Tv Aparecida e o frei Jociel, que veio acompanhado de Rívio Xavier, da cidade de Caruaru e que ficou encantado com o Memorial Dom Helder Camra, ao qual ainda não conhecia.



Agora é aguardar a chegada da imagem peregrina da padroeira do Brasil e acompanhar os documentários sobre a Arquidiocese de Olinda e Recife no próximo mês, em data ainda a ser informada.






Nenhum comentário:

Postar um comentário