MENU

quarta-feira, 12 de abril de 2017

ATUALIDADES: 53 ANOS DA POSSE DE HELDER NA ARQUIDIOCESE DE OLINDA E RECIFE





No dia 12 de abril de 1964, portanto quase duas semanas depois do golpe militar, Dom Helder Camara toma posse como o sexto arcebispo da Arquidiocese de Olinda e Recife, iniciando uma nova fase na Igreja de nossa Arquidiocese,

AO desembarcar no aeroporto dos Guararapes Dom Helder se dirigiu, imediatamente, para a pracinha do Diário, onde era aguardado por uma multidão que queria ouvir sua mensagem.

O início do discurso foi marcado por sua proposta de atuação como arcebispo de Olinda e Recife, voltado para a defesa dos direitos humanos. Sua fala no dia de sua chegada ficou conhecida como “Discurso de Posse”, que mostrou,  logo de início, a tônica de como seria o se arcebispado.

Em um dos trechos de seu discurso Dom Helder fala sobre quem ele é:  “Um Nordestino falando a Nordestinos, com os olhos postos no Brasil, na América Latina e no Mundo.  Uma criatura humana que se considera ir­mão de fraqueza e de pecado dos homens de todas as raças e de todos os  can­tos do mundo.  Um cristão se dirigindo a cristãos, mas de coração aberto, ecumenicamente, para os homens de todos os credos e de todas as ideologias. Um  Bispo da Igreja Católica que, ‘a imitação de Cristo, não vem ser servido, mas servir.

Católicos ou não católicos, crentes ou descrentes, escutem  todos minha saudação fraterna: Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo?“

Clique aqui e leia, na íntegra, a fala de Dom Helder naquele 12 de abril de 1964. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário